Início da higiene oral

Essa é uma dúvida frequente entre os pais no meu consultório: afinal quando devo começar a escovar os dentes do meu bebê?

 

A resposta é simples: desde o nascimento do bebê. Antes mesmo da erupção do primeiro dentinho, você pode iniciar a higiene oral com uma dedeira de silicone (além da higiene vai ajudar a aliviar a coceirinha da gengiva). Você também pode utilizar uma fralda de pano ou gaze molhada com soro fisiológico ou água filtrada.

 

As mães sempre me questionam o porquê dessa higiene, já que o bebê ainda não tem dentes.

 

A principal razão é acostumar a criança a manipulação na boquinha dela. Quando você habitua seu filho a essa manipulação, mais a frente será muito mais fácil fazer a escovação dos dentinhos dele. Não precisa fazer após cada mamada, isso é um exagero, e só quem é mãe para saber que é praticamente impossível fazer isso. Faça no banho. Deixe a dedeira de silicone junto com os itens de limpeza, e durante o banho faça uma massagem na gengiva do bebê. Rápido e fácil, e garanto que mais para a frente a sua vida vai ser mais fácil quando seu bebê tiver dentinhos para escovar.

 

NÃO precisa usar pasta de dentes.

 

Quando o primeiro dente irromper, ou seja, nascer, você já pode comprar a primeira escova de dentes e utilizar pasta de dentes COM flúor. Sim, eu sei que algumas mães acham que devem usar uma pasta de dentes SEM flúor. Porém, a recomendação da Associação Brasileira e Americana de Odontopediatria é usar pasta de dentes com flúor desde o primeiro dente. Não se preocupe, é claro que seu filho vai acabar engolindo um pouco da pasta, o ideal é você usar sempre muito pouca pasta, como a recomendação a seguir:

 

  • Bebês (0 a 3 anos) metade de um grão de arroz cru (+-0,05g);
  • Crianças que não sabem cuspir (3 a 7 anos) um grão de arroz (+-0,1g);
  • Crianças que já sabem cuspir (+7 anos) um grão de ervilha (+-0,3g).

 

Então para os bebês, é uma encostadinha na escova, bem pouco mesmo. Dessa forma, ele pode engolir, que não terá nenhum problema, descartando inclusive o risco de fluorose. Falaremos sobre flúor e fluorose num próximo artigo.

 

Depois que a criança aprender a cuspir aí sim você pode colocar um grão de ervilha.

 

Não deixe a criança brincar com a pasta de dente, explique sempre para seu filho que é um remédio contra as cáries e sempre supervisione a escovação. Deixe ele brincar com a escova e o incentive a escovar sozinho, quando a criança tiver idade.

 

Esse é o momento ideal para você marcar a primeira consulta do seu filho com a Odontopediatra, não leve no seu dentista apenas para dar uma “olhadinha”. É importante você levar no profissional que estará capacitado para atender crianças da forma mais gostosa e lúdica possível, criando assim boas impressões sobre o dentista e o consultório. Aquela consulta divertida vai ficar na memória dele como um momento gostoso e assim não terá problemas em ir outras vezes. E atenção, as consultas devem ser de 6 em 6 meses. Por que isso? Nesse intervalo de tempo conseguimos detectar o início da cárie, e se necessário o tratamento será conservador. Quando as consultas demoram para acontecer, a cárie já pode estar avançada e muitas vezes será necessário o uso de anestesia para restaurar o dentinho. Mas isso é assunto para outra conversa.

 
Artigo anteriorGravidez Ectópica
Próximo artigoGases na gestação
Dra. Juliana Marchi
CRO-RS: 14.169 - Mãe de dois príncipes; - Especialista em Ortodontia pela ABO; - Mestre e especialista em Odontopediatria pela UFRGS; - Graduada pela USP; - Autora do site www.mundosemcaries.com.br.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,986FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!