Amamentação x Cáries: mitos e verdades

Todos nós, homens mulheres, mães e pais, já sabemos os benefícios da amamentação e não vou entrar nessa discussão, o objetivo desse post é outro.

 

Esse artigo é para discutir se afinal o leite materno causa cárie ou não?

 

Entre os dentistas, é quase um consenso que o aleitamento materno em livre demanda, especialmente à noite e com duração prolongada, provoca cárie. Por esse motivo vemos colegas dentistas e médicos pedindo para as mães interromperem a amamentação do bebê a partir do primeiro ano de vida.

 

A Academia Americana de Odontopediatria (AAPD) declara haver um risco potencial devastador de cárie por aleitamento para crianças alimentadas ao seio e com mamadeira, estando este risco relacionado à alimentação prolongada e repetitiva sem o acompanhamento de medidas de higienização oral apropriadas, sendo os pais encorajados a oferecer líquidos em copo para o seu filho próximo ao seu primeiro aniversário e a retirar a mamadeira entre 12 e 14 meses de idade.

 

Ao desencorajarem o aleitamento materno prolongado e em livre demanda, esses profissionais desconsideram todas as vantagens já bem documentadas do aleitamento materno e a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) de manutenção da amamentação até os 2 anos ou mais.

 

E aí que as mães ficam perdidas e sem saber o que fazer. Eu sempre acho que a decisão é de cada mãe, cada uma sabe o que é melhor para si e para seu filho. Meu objetivo com esse artigo é desmitificar alguns assuntos e te dar conhecimento para tomar a sua própria decisão.

 

O que sabemos hoje através de estudos muito bem conduzidos sobre esse assunto:

 

1 – Leite materno não diminui o pH da boca: o que diminui o pH da boca é o açúcar comum, presente em alimentos, tornando portanto a boca ácida. Essa acidez faz com que haja desmineralização do dente e, portanto, favorece o aparecimento da cárie. O leite materno não causa essa acidez bucal, por esse motivo não pode causar cárie;

 

2  – Leite materno é liberado por ordenha direto no céu da boca, não tendo contato com os dentes incisivos superiores. Diferente do que acontece com o uso da mamadeira, onde o leite artificial fica parado nos dentes superiores, favorecendo o aparecimento das cáries;

 

3 – A ordenha do peito estimula o bebê a salivar, fato importante que ajuda na prevenção das cáries. Normalmente, durante a noite a salivação diminui, o que favorece o aparecimento da cárie.  

 

Esses são os fatores mais comuns citados em artigos em defesa do aleitamento materno, eu poderia ficar aqui citando mais uns 5 pelo menos, mas vamos tentar ser práticos. Como mãe sei bem que não temos tempo a perder.

 

LEITE MATERNO NÃO CAUSA CÁRIES o que causa cáries são os outros alimentos que o seu filho come ou bebe (bolachas, frutas, sucos etc), mas esse fato não isenta você de escovar os dentes do seu filho, correto?

 

Saiba disso, enquanto a criança estiver EXCLUSIVAMENTE no peito, a chance dela ter cáries é praticamente zero. Assim que a criança começar a comer qualquer tipo de alimento, as chances dela ter cárie são iguais a de uma pessoa comum. O que vai impedir o aparecimento das cáries será sempre a ESCOVAÇÃO.

 

Então vamos lá: 

 

  • A partir dos 6 meses, começamos a introduzir outros tipos de alimentos: sucos, papinhas, frutinhas, etc. Sim, esses alimentos causam cárie. Então, não adianta você dizer que amamenta seu filho a noite inteira e ele teve cárie. Sim, você provavelmente esqueceu que ele toma outras coisas e come alimentos potencialmente cariogênicos de dia.
  • Remédios pediátricos: calma, remédios não causam cáries e antibióticos não estragam os dentes, mas se você for ler na composição do remédio, vai perceber que contém açúcar. Então é o açúcar que pode comprometer os dentes do seu filho.
  • A vovó, o dindo, a tia sempre querem ir contra as regras e dar aquele golinho de refrigerante pra criança ou deixar chupar aquele pirulito gostoso. Pra que?
  • EVITE qualquer tipo de doces, refrigerantes, bolachas, salgadinhos até os dois anos de idade. Seu filho não sabe como é o gosto do açúcar, para que você vai apresentar pra ele antes da hora?
  • O mais importante de tudo: ESCOVE OS DENTES DO SEU FILHO.
     

Gente, por favor, nasceu o primeiro dente, a escovação tem que começar! Recebo vários pacientes com 1 ano e meio por exemplo, cheio de dentes na boca e a mãe fala que não sabia quando devia começar a escovação.

 

Deixe um tempo razoável para fazer a escovação, com amor e sem preguiça. Isso será importantíssimo para estabelecer bons hábitos de higiene oral que ficarão para a vida toda do seu filho.

 

Seu filho não deixa escovar? Ah, isso é assunto para outro post.

Dra. Juliana Marchi
CRO-RS: 14.169 - Mãe de dois príncipes; - Especialista em Ortodontia pela ABO; - Mestre e especialista em Odontopediatria pela UFRGS; - Graduada pela USP; - Autora do site www.mundosemcaries.com.br.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,986FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!