Qual a escova, a pasta e a quantidade certa para o seu filho?

Quando nasce um bebê, nasce uma mãe cheia de dúvidas. Com relação a saúde bucal do bebê, as mães sempre tem questionamentos sobre qual escova usar, usa ou não pasta, quantas vezes devo escovar por dia, entre outras.

 

Nesse breve artigo vou tentar mostrar o que usar em cada fase da vida do seu filho, assim fica mais fácil de ir tomando as decisões ao longo do crescimento do bebê.

 

  • 0-6 meses

 

O que usar? Enquanto seu filho não tiver dentes, você pode usar a dedeira de silicone. Esqueça fraldinha e gaze, a dedeira é bem mais prática.

 

 

Qual pasta? Não precisa usar nenhum tipo de pasta.

 

Quantas vezes por dia? Gente, é insano indicar para uma mãe fazer essa limpeza da boca após cada mamada. Só fala isso quem nunca teve filho, sério. O bebê mama toda hora!!! Vamos combinar assim: faça uma vez por dia, de preferência no banho.

 

Pra que serve essa limpeza? Serve apenas para seu filho se acostumar e formar hábitos de limpeza bucal. Se ele não tem dente, obviamente ele não tem como ter cáries.

 

  • 6-12 meses

 

O que usar? Com o nascimento do primeiro dentinho, aposente a dedeira e inicie o uso da escova de dentes. Escolha uma escova com cerdas bem macias e cabeça pequena. A empunhadura da escova pode ser pequena, tanto faz, porque você que vai escovar os dentes do bebê. Lembre-se que a boca deles é muito pequena, então a escova tem que ser bem pequena.

 

Qual pasta? Desde o primeiro dentinho, a indicação é usar uma pasta COM flúor, e lembre-se tem que ser acima de 1100 ppm de flúor. Você vai encontrar essa quantidade de flúor em pastas indicadas para crianças acima de 6 anos. E a pergunta que vem a sua cabeça é: “Mas vou usar uma pasta para crianças acima de 6 anos para meu bebê que tem meses?”  Sim! Lembre-se que aqui o segredo é a quantidade. Usando a quantidade correta, seu filho estará seguro mesmo engolindo a pasta e ainda irá se beneficiar com o flúor para não ter cáries.

 

Se quiser pode deixar uma fraldinha ou gaze do lado para remover o excesso de pasta na boca do bebê.

 

Quantidade da pasta? Uma “encostadinha” na escova, sério, bem pouquinho!!! Um grão de arroz pra você ter uma ideia da quantidade. Guarde a pasta sempre longe do alcance das crianças, afinal é como se fosse um remédio. Crianças não pode comer a pasta e nem brincar.

 

Quantas vezes por dia? Aqui vale a mesma regra para os bebês. Eu sou mãe e trabalho o dia inteiro, sei bem como nosso dia a dia é corrido, então consegue fazer após todas as refeições? Maravilha, faça! Não consegue fazer? Capriche na escovação antes do bebê dormir. Essa escovação antes de dormir é a mais importante, portanto sem preguiça e não pode faltar nunca.

 

Pra que serve essa limpeza? A partir do nascimento do primeiro dente, seu filho já corre o risco de ter a doença cárie. Portanto, a escovação será sempre muito importante para a saúde bucal dele. Lembre-se que os dentes de leite tem uma extrema importância e estão ali por um motivo.

 

Uma grande dúvida que as mães tem é sobre a mamadeira. A grande maioria das crianças toma mamadeira ou é amamentado antes de dormir. Sem pânico! Escove MUITO bem antes do leite, capriche! E depois deixe seu filho tomar seu leitinho tranquilo. O importante é remover a placa dentária de todos os dentes e todas as faces dos dentes. Sem placa bacteriana, não tem cárie! Consegue escovar depois que ele toma o leitinho? Ótimo, escove então.

 

  • 1-3 anos

 

O que usar? Provavelmente seu filho já tem molares e por volta dos 3 anos a dentição de leite está completa. A escova indicada continua sendo uma com cerdas macias e cabeça pequena. Se quiser comprar uma escova com empunhadura mais grossa para que a criança comece a treinar a escovação, faça isso. Mas saiba que quem faz a escovação ainda são os pais.

 

Qual pasta? Será sempre a pasta com flúor acima de 1100 ppm de flúor.

 

Quantidade da pasta? Comece a iniciar o treino de cuspir a pasta. Porém a quantidade permanece a mesma, grão de arroz.

 

Quantas vezes por dia? Pelo menos após as refeições principais. Mas vale a mesma regra de antes. Não consegue fazer sempre? Tudo bem, mas sempre muito capricho na escovação antes de dormir.

 

Se seu filho tem que levar pasta e escova para a escola para fazer a higiene bucal, leve sempre uma pasta de dentes SEM flúor. Não sabemos quem coloca a pasta na escova da criança em muito menos a quantidade que é colocada. Na dúvida deixe a pasta com flúor para usar em casa.

 

  • 4-7 anos

 

Daqui a pouco seu filho começará a troca dos dentes de leite (+- por volta dos 6 anos).

 

O que usar? Escova macia, cabeça pequena e empunhadura grossa. Essa empunhadura vai ser mais fácil pro seu filho segurar e iniciar o treino da escovação sozinho. Você pode deixar ele escovar, mas SEMPRE complemente depois. Até essa idade, a criança não tem coordenação motora para escovar sozinha.

 

Qual pasta? Pasta com flúor acima de 1100 ppm de flúor.

 

Quantidade da pasta? Seu filho já sabe cuspir? Aumente a quantidade para um grão de ervilha. Lembre-se que o que limpa não é a pasta de dentes e sim a ação de passar a escova nos dentes.

 

   Quantas vezes por dia? Deixe a criança fazer sozinha após as refeições principais e os pais fazem antes de dormir.

 

  • Acima de 7 anos

 

O que usar? Escova macia e cabeça pequena.

 

Qual pasta? Pasta com flúor acima de 1100 ppm de flúor. Se quiser pode usar pasta de dentes de adulto, desde que não seja para dentes sensíveis e com agentes clareadores.

 

Quantidade da pasta? Grão de ervilha.

 

Quantas vezes por dia? Após as refeições principais. Antes de dormir, os pais devem supervisionar para ver se está adequada. Se necessário, pegue a escova e o ajude nos lugares mais difíceis, como por exemplo os dentes do fundo.

 

Deve usar fio dental? Sim, uma vez por dia antes da escovação e antes de dormir. SEMPRE SERÁ UM ADULTO A USAR NA CRIANÇA O FIO DENTAL. Crianças não sabem e não tem coordenação para usar o fio dental.

 

Pode usar enxaguante bucal? Pode, mas sempre sem álcool. E ter sempre em mente que jamais um bochecho com enxaguante bucal substitui uma escovação.

 

Marque a primeira consulta com o Ortodontista. Nessa fase já podemos realizar algumas correções da mordida

 

O segredo em qualquer fase é remover toda placa bacteriana, isso implica em uma escovação caprichada e demorada. Não adianta tentar se enganar e fazer de qualquer jeito, seu filho terá cáries onde tiver sujeira. Todo esse trabalho do dia a dia, terá uma linda recompensa para o resto da vida: um sorriso lindo sem cáries!

 

Boa Sorte!

Dra. Juliana Marchi
CRO-RS: 14.169 - Mãe de dois príncipes; - Especialista em Ortodontia pela ABO; - Mestre e especialista em Odontopediatria pela UFRGS; - Graduada pela USP; - Autora do site www.mundosemcaries.com.br.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,970FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!