test

Por que algumas mulheres não emagrecem enquanto amamentam?

A amamentação é, sem dúvida, um dos momentos mais especiais da vida de uma mulher. Não apenas por proporcionar um vínculo afetivo entre a mãe e o bebê, mas também por promover benefícios significativos para a saúde feminina.

É neste período que o corpo feminino libera hormônios importantes como a ocitocina, que ajuda na contração do útero, colaborando na recuperação pós-parto e na redução de risco de hemorragias. Ademais, alguns estudos, associam a amamentação à redução do risco de câncer de mama e ovário, devido a menor exposição aos estrogênios.

Já no que se refere ao emagrecimento, a amamentação também pode desempenhar uma função importante. Durante a gravidez, o corpo armazena reservas de gordura para garantir o suprimento de energia durante a amamentação. Desta forma, amamentar pode contribuir para queimar calorias e promover a perda de peso de forma natural e gradual. Além disso, a produção de leite requer energia, o que facilita o gasto calórico diário das mães.

“É importante ressaltar que cada mulher é única e o processo de emagrecimento pós-parto. Algumas mulheres perdem peso mais rapidamente com a amamentação, enquanto outras podem demorar mais tempo no processo, ou inclusive ganhar peso pelo consumo de alimentos mais palatáveis (ricos em gordura e açúcar) por causa do stress gerado pela nova condição. 

O período da amamentação é importante para o autoconhecimento e ajuste da nova rotina. “É muito cruel se cobrar a voltar ao corpo de antes nesse momento. É fundamental respeitar o seu tempo, tentar focar na saúde, manter uma alimentação saudável (comida de verdade) associado à suplementação que sua obstetra orientar e muita água. Quando for amamentar, deixe uma garrafa grande de água sempre ao lado”, explica a Dra. Iana Carruego, ginecologista, médica da Clínica Elsimar Coutinho/SP.

Dentre os fatores que influenciam na perda de peso durante a amamentação:

  • Metabolismo individual: Cada mulher tem um metabolismo diferente, que influencia na queima de calorias. Importante evitar comparações.
  • Quantidade de leite materno: Quanto mais leite a mulher produz, mais calorias ela gasta.
  • Dieta: Uma dieta saudável (mínimo de industrializados) e equilibrada é essencial para o emagrecimento, mesmo durante a amamentação.
  • Atividade física: A prática regular de exercícios físicos ajuda a queimar calorias e acelerar o metabolismo. Vale lembrar que o tecido adiposo nesse momento é rosa (ou seja, ele é metabolicamente mais ativo, queima mais fácil a gordura), mas encaixar um exercício a nova rotina não é fácil. É indicado fazer algo lhe dê prazer: um esporte, caminhada, bicicleta, pois nós precisamos tirar um tempinho no dia para voltar recarregada.
  • Nível de estresse: O estresse pode dificultar o emagrecimento.
  • Sono: Dormir bem é essencial para o bom funcionamento do metabolismo e para a perda de peso. Mas nos quatro primeiros meses isso é mais complicado, pois o bebê ainda está aprendendo a dormir.
  • Genética: a genética também pode influenciar na predisposição para o emagrecimento.

A amamentação é uma fase que requer alguns cuidados. Para se obter os benefícios de forma segura e eficaz é essencial contar com auxílio médico adequado e ter uma rede de apoio participativa. Neste período, é fundamental o acompanhamento de profissionais de saúde, como obstetras, pediatras e nutricionistas para a garantia de uma vida saudável e tranquila para as mães e seus filhos.

Sobre Iana Vilasbôas Carruego

Formada em Medica generalista pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Casa de Saúde Santa Marcelina-SP, subespecialização em cirurgia ginecológica minimamente invasiva (video e uroginecologia) pela casa de Saúde Santa Marcelina-SP. Pós-graduanda em Ciências da Obesidade e Sarcopenia. Atuação em ginecologia regenerativa e implantes hormonais.

Participe dos Cursos para Gestantes Somos Mães, acesse aqui.

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,125FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!