Colar de âmbar

Mamães com filhos de 6 meses até os 3 anos muitas vezes ficam desesperadas por causa da erupção dos dentinhos de leite. Na falta de solução, apelamos pra tudo, não é mesmo? Há algum tempo atrás a modelo Gisele publicou uma foto da filha usando o colar de âmbar. Pronto, virou moda! As mães saíram desesperadas atrás do colar, achando que essa seria a solução da irritação e do choro do bebê.

 

Mas cuidado, exitem alguns problemas no uso do colar que podem trazer riscos para o seu filho.

 

A pergunta se o colar realmente funciona é muito difícil de responder. Especialistas, homeopatas, cientistas e estudiosos do assunto afirmam não ter nenhuma comprovação científica de que o colar realmente alivie os sintomas do nascimento dos dentinhos. “Tá, mas a minha amiga usou e disse que melhorou muito!” Eu sei que você vai me dizer isso ou está pensando, certo?

 

Tudo bem, vamos tratar como um método natural sem comprovação científica. Você gosta da ideia de tratamento natural, legal (eu também gosto de várias coisas naturais, eu confesso) e quer tentar no seu filho.

 

Ok, compre o colar, mas fique atenta sempre ao seu filho. Qualquer coisa no pescoço de uma criança pequena, pode significar um risco de asfixia. Não coloque seu filho para dormir em hipótese alguma com o colar. As crianças se mexem muito ao dormir e caso o colar fique preso por algum motivo, o bebê pode não conseguir se livrar dele. Aí pense comigo, algo que era pra ajudar pode acabar gerando uma consequência muito grave, não é verdade?

 

Tenha em mente que sempre que o bebê estiver com o colar, deverá haver supervisão de algum adulto.

 

Quando for comprar, atente para as seguintes características:

 

1- Verificar se existe um nó entre cada conta. Havendo, caso o colar se rompa, todas as contas não cairão.

2- Em qualquer idade, o colar deve ter entre 33 e 36 cm, para não ficar apertado nem frouxo demais.

3- Recomenda-se tirar no banho para evitar o desgaste do cordão.

4- O fecho deve ser de rosquear e coberto por âmbar, para o bebê não conseguir abrir.

5- Sempre remova na hora de dormir por causa do risco de asfixia.

Quando você procurar pra comprar na internet tenha um pouco de cuidado com as falsificações, tem muita imitação. Mas como saber se o colar que você comprou é realmente âmbar?

 

Teste de autenticidade

 

1- Coloque uma ou duas gotas de acetona ou álcool em uma das contas do colar. Se ficar viscosa, pegajosa ou alterar a cor, não é âmbar.

2- Misture uma parte de sal com duas de água e dissolva. Coloque uma peça de âmbar: se boiar, é autêntica.

3- O âmbar é morno ao toque, bem diferente das imitações de vidro, que são sempre mais frias que a sua pele.

 

Minha opinião como profissional é que o colar não tem comprovação científica, portanto, não teria indicação para usar. Porém, eu nunca testei nos meus filhos para saber se realmente funciona. Se quiser testar, lembre-se desses cuidados, principalmente pelo risco de asfixia.

 

Boa sorte!

Dra. Juliana Marchi
CRO-RS: 14.169 - Mãe de dois príncipes; - Especialista em Ortodontia pela ABO; - Mestre e especialista em Odontopediatria pela UFRGS; - Graduada pela USP; - Autora do site www.mundosemcaries.com.br.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,955FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!