Através do cocô do bebê é possível descobrir se há algo de errado

Ser mãe não é uma tarefa nada fácil, temos que ficar atentas a praticamente tudo. E quando falamos tudo, é tudo mesmo! Seja um espirrinho ou uma bochechinha vermelha, a mãe sempre está com o sinal de alerta ligado. E quando dizemos que mãe é um bichinho muito cuidadoso, você pode que acreditar, até na cor do cocô do bebê elas prestam atenção. E olha que nesse quesito elas estão certíssimas, os pediatras indicam que devemos ficar atentas à consistência e cor das fezes da criança.

 

O bebê recém-nascido está em processo de desenvolvimento de sua estrutura física e várias funções importantes do organismo. E, por causa disso, a boa alimentação diária é extremamente importante para o crescimento saudável do pequeno. Principalmente nessa fase, a criança consome uma série de proteínas que são frutos do aleitamento materno – o leite materno é composto por todas as proteínas e vitaminas dos alimentos que a mãe costuma consumir.

 

Devido a toda essa variedade de nutrientes que a criança consome durante o aleitamento, é normal que o cocô tenha uma certa variação. A cor das fezes do bebê que mama no peito costuma ser de cor amarelada, um tom parecido com a de mostarda. Há também os bebês que se alimentam de fórmulas, aí costuma ser de cor bege.

 

A consistência também é parte importante desse processo de acompanhamento. Para os que mamam no peito costuma ser pastosa, já os que se alimentam de fórmula costuma apresentar um cocô com a aparência mais parecida com a de um pudim. O sinal de alerta deve ser ligado se o bebê estiver fazendo cocô em formato de bolinhas e bem durinhos, já que isso pode indicar constipação.

 

A frequência não é tão importante assim e varia de acordo com a idade. Bebês recém-nascidos precisam fazer, pelo menos, duas vezes por semana. A partir dos seis meses não é normal a evacuação ocorrer mais de 4 vezes por dia e para crianças maiores de dois anos é comum pelo menos uma vez ao dia.

 

É preciso observar o odor também, lembre-se que quanto mais tempo as fezes ficam dentro do intestino mais forte é o cheiro. E se isso tem acontecido com frequência com seu bebê, procure um especialista. Pode ser um quadro de alergia ou intolerância a alguma substância. Há uma informação super importante para você: nenéns que mamam no peito não costumam fazer cocô com odor forte, já as fezes de quem toma fórmula costuma ter um cheiro bem mais forte.

 

É muito importante você observar cada detalhe da rotina do seu pequeno, mesmo que as vezes isso não seja tão agradável. Se você identificar qualquer alteração procure um especialista e esqueça receitas caseiras, viu mamãe?!

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,976FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!