Sinais que o seu bebê pode apresentar para o Desmame

Semana passada, conversamos sobre a importância da autonomia para o processo de desmame e como isso envolve questões emocionais de perdas, bem como, novas formas de comunicação do bebê com a mãe e de socialização.

 

Como o desmame é de fato um processo ao qual a criança e a mãe vão desenvolvendo, próximos aos 8 a 9 meses, o bebê começa a apresentar alguns sinais de que está pronto para essa nova fase:

 

– Puxa a blusa da mãe para se satisfazer sozinho;

 

– Fala mama, tetê;

 

– Mama em um peito e segura o outro (delimita o território);

 

– Distrai-se com outros elementos quando solicita o peito, indicando que naquele momento poderia ser outra atividade que não amamentação; ex.: solicita o peito e a mãe oferece brincar com um boneco e ele aceita.

 

Esses são alguns marcos que indicam autonomia do bebê com relação à amamentação, mas é importante destacar que são “marcos iniciais e indicativos” de um possível processo de desmame, isso não significa que nessa faixa etária entre 8 a 9 meses, o bebê deve ser desmamado, até porque cada bebê tem seu desenvolvimento, seu tempo, sua individualidade.

 

E, nesse contexto, tem-se ainda a introdução alimentar, tão importante, afinal trata-se de um ato social que deve ser protegido, com rotinas e hábitos.

 

A responsabilidade dos pais está onde o processo alimentar é oferecido de forma coordenada, ou seja, introdução alimentar e regulação de mamadas.

 

Com o ganho da autonomia nesta fase, o bebê também começa a entender que existe uma hierarquia entre ele e a mãe, que alguém superior toma as decisões por ele, porque ainda não sabe fazê-lo.

 

Essa condução é importantíssima para formação da socialização da criança.

 

Fato é que como mães, não conseguiremos suprir o tempo todo as fragilidades dos nossos filhos e, em termos emocionais, o desmame tem início quando da separação da mãe e bebê, passando pelo momento em que o bebê ganha mais autonomia e a mãe entende com clareza, que pode dar amor de outras formas.

 

E isso, não tem data, nem fase… isso é da relação mãe e filho!

 

O processo de desmame envolve todos esses fatores emocionais e, por isso, deve ser feito de forma gradual, respeitando os limites da criança, avaliando a sua prontidão, bem como, os da mãe e de toda a família.

 

A Organização Mundial da Saúde preconiza amamentação exclusiva até os 6 meses e complementar até os 2 anos de idade.

 

Interaja conosco através das nossas redes sociais: @amamaenasceuassessoria e @somosmaesdeprimeiraviagem

Dayse Cristina Oliveira Melo
Consultora Materna Especialista em Aleitamento Materno. Consultora do Sono Infantil. Proprietária da A Mamãe Nasceu Assessoria. Graduanda em Fonoaudiologia Mãe do Henri

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,991FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!