Protegendo a pele no verão

O câncer de pele é uma doença que vem preocupando muitas pessoas ao longo dos anos, por isso é muito comum nos depararmos com uma série de campanhas em prol do uso de protetor solar. Mas e no caso de mulheres grávidas qual é o jeito certo de se proteger?

 

As gravidinhas devem ter atenção redobrada quanto aos cuidados com a pele, principalmente no verão. Estudos indicam que cerca de 68% das gestantes ganham alguma macha de pele por causa da falta de proteção.

 

E um dos maiores medos das mamães é o melasma. Segundo a Dra. Joana Tebar, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a proteção é indispensável durante a gestação: “o cloasma ou melasma se caracteriza por uma mancha marrom escura ou acinzentada que ocorre na face – tem uma alta incidência na gravidez, provavelmente pela influência das alterações hormonais deste período.

 

O papel do sol é indiscutível no surgimento e na piora das manchas. Utilizar protetor solar para raios UVA e UVB com o máximo fator de proteção durante todo o período gestacional é muito importante. ”

 

E não é tão difícil assim evitar que essas manchinhas apareçam, a dermatologista ressalta a importância de usar todos os artifícios possíveis para se proteger: “para evitar cloasma, a gestante deve evitar a exposição ao sol entre as 10h e às 16h, bem como usar óculos de sol, chapéu ou boné.”

A aplicação do filtro solar deve ser feita antes da exposição ao sol e conhecer o produto que está usando também é muito importante. Garimpe o melhor protetor solar para que sua pele seja protegida de maneira eficiente. “O filtro solar deve ser aplicado 15 minutos antes da exposição solar e reaplicado a cada 2 horas ou após imersão na água ou transpiração excessiva. É recomendado o uso diário, inclusive em dias nublados e chuvosos. Outra forma de proteção é pelo uso de chapéu de aba larga ou boné para evitar a exposição à radiação solar no couro cabeludo e na orelha. Usar óculos de sol com proteção UV – pois a radiação causa manchas na pele e também causa catarata – e utilizar roupas leves que bloqueiam a entrada da luz solar são importantes recomendações.” explica dra. Joana.

Há também outro ponto importante para a mamãe prestar atenção: o produto que está usando. O protetor solar causa diferentes reações nas gestantes e pode gerar uma alergia ou ressecamento de pele, como explica Dra. Joana: “como há uma mudança dos hormônios, cada organismo pode reagir de modo distinto, que varia de acordo com cada mulher. Algumas grávidas ficam com a pele sensível, ressecada e com tendência a ter alergias; já outras ficam oleosas e com acne. É importante consultar um dermatologista para substituir cosméticos por produtos mais suaves, específicos para gestantes, e evitar utilizar produtos que estão na lista de restrições da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).” 

 

E, devido ao surto de zika vírus no país há mais um ponto que a gestante deve se atentar: o uso de repelente. A dermatologista ressalta a importância do uso dos dois produtos: “as grávidas podem e devem utilizar protetor solar e também podem fazer uso de repelentes.”

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,956FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!