Mudanças na lei de adoção

Atualmente há cerca de 46 mil crianças e adolescentes em abrigos esperando para serem adotadas. Já na fila de espera, há quase 37 mil que são candidatas a pais adotivos.
 
O Governo Federal e o Ministério da Justiça e Cidadania elaborará um projeto que pode facilitar o processo de adoção que será apresentado no Congresso Nacional. Esse novo projeto causará alterações no Estatuto da Criança e do Adolescente. 
 
A nova proposta inclui o apadrinhamento afetivo que consiste em criar um laço afetivo entre as crianças em abrigos e pessoas que querem ser padrinhos ou madrinhas. Neste caso, o que é mais importante é o laço entre as duas partes, e não se trata de adoção. 
 
Além disso, o projeto estipulará um prazo de 120 dias prorrogáveis por um período igual. É possível também colocar o limite de até dois meses para que a mãe biológica reclame a guarda do filho ou indique um parente para ser guardião da criança, caso ela se arrependa de ter entregado o filho para a adoção. 
 
Essa nova pauta está aberta para discussão pública na internet, acesse o site pensando.mj.gov.br/adocao e dê sua opinião. 
Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,952FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!