DPAC: distúrbio do processamento auditivo central

Você sabe o que é DPAC, distúrbio do processamento auditivo central? Pois é, muita gente não conhece e não sabe que tem, afinal, é uma desordem reconhecida há apenas 15 anos e ainda pouco diagnosticada pelos médicos. 

O DPAC afeta a capacidade de compreensão dos sons e pode prejudicar o desenvolvimento intelectual. A criança ouve normalmente, mas não consegue interpretar. É como se escutasse apenas ruídos. 

Mamãe, fique atenta, os sintomas são dificuldade de aprendizagem, de memorização e desatenção, cansaço rápido e agitação ao assistir aulas, dificuldade para ouvir e prestar atenção em lugares barulhentos, demora pra escutar ou compreender o que foi dito, dificuldade para localizar de onde o som está vindo e de entender conceitos abstratos. 

“A criança ou adolescente com DPAC não consegue discriminar os sons quanto à sua localização e amplitude e não reconhece ou não compreende o significado de cada ruído presente no ambiente. Com isso, o mundo se transforma em uma incômoda confusão de barulhos desconexos e embaralhados”, explica Marcela Vidal, fonoaudióloga da Telex Soluções Auditivas.

Além disso, pode ser confundido com dislexia ou transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), já que falta de concentração, desinteresse, hiperatividade, baixo rendimento escolar e isolamento social podem ser consequências dos sintomas do problema auditivo.

A causa ainda não é certa, acredita-se que a falta de estímulo sonoro pode ser um fator importante. Já o diagnóstico acontece na fase de alfabetização, já que o aluno pode apresentar dificuldade de memória, de entendimento, falta de concentração e incapacidade de leitura e escrita. 

“É de extrema importância que o diagnóstico seja efetuado o quanto antes para que as dificuldades no aprendizado sejam superadas mais facilmente. O cérebro humano tem, principalmente durante a infância, uma grande flexibilidade. Com o tratamento fonoaudiológico e o apoio de uma equipe pedagógica adequada desde cedo, a criança tem grandes chances de obter um ótimo desempenho escolar, pois seu cérebro estará sendo treinado a desenvolver mecanismos diferentes e rotas alternativas para driblar o distúrbio”, diz a fonoaudióloga, que é especialista na área de Audiologia infantil.

É muito importante que pais e professores fiquem atentos à qualquer sinal de desordem para o diagnóstico rápido e tratamento eficaz.

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,956FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!