Alienação Parental

A síndrome da alienação parental acontece quando a criança cria um sentimento de repúdio a um dos pais.
 
Geralmente, a Síndrome da Alienação Parental (SAP) acontece após a separação de um casal que tem filhos. Nesse caso, um dos dois começam a contar mentiras e usar argumentos para que a criança não goste do ex-parceiro(a). Isso tudo é uma tentativa para afastar a criança e fazê-la odiar um dos pais.

 

A SAP é mais comum do que imaginamos, estima-se que cerca de 80% de crianças com pais divorciados já sofreram um tipo mais leve ou mais intenso de alienação parental.

 

No momento de separação de um casal a criança pode se sentir muito confusa com a situação. E, a alienação parental pode deixar esse momento ainda pior, pois a criança não sabe de que lado ficar. Ela terá medo de sentir algo por um dos pais por conta dessa manipulação. Já que os argumentos usados pela parte que quer colocá-lo contra o seu genitor são mais fortes.

 

Os sentimentos mais comuns que podem ser observados na criança que sofre esse tipo de pressão é o ódio, a raiva e a rejeição. E isso acontece mesmo que ele tenha tido uma relação de amor e afeto com a parte que sofre as acusações.

 

Há outros fatores químicos que podem acometer uma criança que está vivendo sobre essa situação, como depressão, ansiedade e até quadro de pânico. Além disso, a Alienação Parental pode afetar diretamente a autoestima da criança e deixá-la propensa a usar drogas e álcool em sua fase adulta.

 

E a alienação parental é muito ruim para todas as partes, e há casos de pais que deixam de visitar seus filhos para não causar mais conflitos. O que acaba tornando tudo mais pesado e vazio para a criança.
 

A justiça pode interferir nesses casos, e se for comprovada a alienação parental o alienador pode ser multado, obrigado a visitar terapeutas, e em casos extremos pode haver prisão e a perda da guarda e direito de visitar a criança.

 

A separação conjugal é muito complicada e dolorosa para ambas as partes, mas quando há filhos envolvidos isso se torna ainda mais difícil. O certo a se fazer é conversar e entrar em um acordo para que todos sejam beneficiados e felizes. Isso tudo ajuda a situação a ser mais leve e não gerar mais traumas.

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,956FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!