Aborto repetido

O aborto espontâneo é uma fatalidade que atinge cerca de 20% a 25% das mulheres que engravidam. Não existe uma causa específica para esse problema, mas pode ser por má-formação cromossômica, problemas alérgicos, imunológicos e coagulação sanguínea. 

 

No caso de acontecer uma sequência de abortos, é preciso procurar um especialista para examinar o caso e recomendar um tratamento adequado. No caso de abortos repetidos as causas podem ser trombofilias e imunológicas. 

 

O corpo da mãe identifica o bebê como um corpo estranho e rejeita a carga genética do pai, criando assim anticorpos, isso acontece quando o aborto é causado por algum fator imunológico. Esse problema pode ser diagnosticado através de um exame chamado Cross Match, e o tratamento é feito com vacinas feitas com o sangue do pai. 

 

Já a trombofilia é alteração de coagulação do sangue, pode ser hereditária ou adquirida. Nesse caso o risco de trombose aumenta, o que prejudica também a circulação placentária. Além do aborto, a trombofilia pode causar infertilidade e desencadear uma série de problemas durante a gestação, como descolamento prematuro da placenta e pré-eclampsia. O tratamento é feito com anticoagulantes. 

 

O correto é você procurar um especialista para poder tratar possíveis doenças que estão impedindo de prosseguir com uma gravidez saudável e tranquila. Assim, você evita frustrações e garante a sua saúde e a do pequeno que está por vir. Procure o seu médico e converse com ele. 

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,976FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!