Teste do Pezinho identifica portadores de doenças graves

Dia 6 de junho marca a comemoração do Dia Nacional do Teste do Pezinho, realizado em recém-nascidos, que detecta doenças graves e tratáveis antes do aparecimento dos sintomas, prevenindo problemas como retardo mental e até o óbito. Além disso, permite a identificação dos portadores de algumas condições clínicas, como o traço falciforme, possibilitando o aconselhamento genético e a reprodução consciente.

 

O Teste do pezinho faz parte do Programa de Triagem Neonatal, que representa hoje um dos principais avanços em Medicina Preventiva e é reconhecida pelo US Center for Disease Control and Prevention (EUA) como um dos programas de saúde pública de maior sucesso do século XXI.

 

“É importante que o pediatra esteja atento às manifestações clínicas das doenças e sempre proceda a investigação de uma hipótese diagnóstica, mesmo que o Teste de Triagem Neonatal tenha sido normal”, explica a Dra. Léa Maria Zanini Maciel, especialista da Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM-SP). 

 

O Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN) foi implantado em diferentes fases, de acordo com as doenças rastreadas, e hoje detecta: hipotireoidismo congênito, fenilcetonúria, anemia falciforme e outras hemoglobinopatias, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita e deficiência de biotinidase. Desde junho de 2014, todos os Estados do Brasil estão habilitados para o Programa. 

 

A Dra. Tânia Bachega, médica da SBEM-SP que acompanhou a reformulação do PNTN no Ministério da Saúde, ressalta que “no Brasil, nascem quase 3 milhões de crianças por ano e a cobertura da triagem nos recém-nascidos vai depender de cada Estado. Em São Paulo, são cerca de 50 mil crianças nascidas, e como a cobertura de recém-nascidos triados gira em torno de 90 a 95%, está quase na totalidade. Mas, infelizmente, há ainda uma grande falta de conhecimento da população. Muitas mães não sabem para que serve o teste e o confundem com a identificação (da impressão digital do pé) da criança na maternidade”. 

 

A época ideal para realização do Teste do Pezinho é entre o 3º e 5º dia de vida do recém-nascido. “A triagem neonatal é um processo complexo, pois não se restringe à realização dos testes para diferentes doenças, mas também na busca ativa das crianças com resultados positivos, a confirmação diagnóstica da doença, o início do tratamento no menor tempo possível e o acompanhamento por uma equipe multiprofissional”, complementa a Dra. Léa. 

 

Texto: Gengibre Comunicação

 

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,952FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!