Gravidez e químicas para cabelos

Geralmente, durante a gravidez ficamos com os cabelos bem mais sedosos e volumosos. Toda a alteração no organismo da mulher contribui para um cabelo mais saudável e bonito. Mas, durante esse período, as mulheres precisam passar longe de produtos químicos como tinturas, progressivas ou permanentes, esses procedimentos são prejudiciais a saúde da mulher e do bebê.

 

O Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Dermatologia não recomendam o uso de produtos químicos durante a gestação. Pois, acredita-se que alguns componentes usados nesses procedimentos podem passar do couro cabeludo para a corrente sanguínea, gerando deformidades no feto. O correto é a mãe recorrer a esse tipo de produto só depois do aleitamento materno.

 

Esse é um assunto que gera muita polêmica, pois muitos médicos acreditam que o uso desses produtos não causa nada. Já outros acreditam que sim, esse tipo de tratamento capilar pode afetar o desenvolvimento da criança na barriga da mãe.

 

Além do perigo desses componentes químicos afetarem o bebê, há o risco de a mãe desenvolver uma alergia ocasionada. E isso pode acontecer mesmo se você nunca teve uma manifestação antes.
 
Cuidado com os produtos naturais, tonalizantes e henna, eles também podem ocasionar reações inesperadas no seu organismo. Geralmente, os fabricantes escondem alguns componentes tóxicos.

 

A estrutura capilar pós-parto costuma sofrer alterações, já que nessa fase as madeixas costumam cair mais, se tornam mais frágeis, finas e quebradiças. Mas, você pode fazer uma série de tratamentos não agressivos para que o seu cabelo fique intacto e com poucos danos. Hidrate-o bastante, mantenha os fios sempre limpos, compre produtos adequados para essa fase e mantenha uma alimentação saudável. E, claro, sempre converse com seu médico e siga as recomendações. 

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,955FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!