Citomegalovírus na gravidez

Os sintomas mais comuns do Citomegalovírus são febre e gânglios inflamados. Porém, muitas pessoas costumam não apresentar sintoma algum, pois ele pode permanecer muito tempo inativo no organismo. Mas, quando ocorre sua manifestação durante a gravidez o vírus pode trazer uma série de riscos ao bebê.

 

O exame de sangue é o mais eficiente para diagnosticar o Citomegalovírus e muitas vezes esse teste é pedido durante o pré-natal. O médico precisa saber se a gestante já teve ou está infectada pelo vírus. A notícia boa é que muitas mulheres já possuem anticorpos para proteger o organismo.

 

Se o exame der positivo, a mulher precisa imediatamente de orientação médica para tratar a contaminação. Já se nunca houve contato com esse vírus, a gestante necessita de cuidado redobrado para que não haja o contágio durante a gravidez.

 

A transmissão ocorre de diversas formas, desde o contato com objetos infectados a relações sexuais. Lavar as mãos com frequência, não tomar em copos de outras pessoas, ter relação sexual com proteção adequada e evitar o contato com secreção de crianças pequenas já ajuda e muito na proteção contra essa doença.

 

Mas por que esse vírus oferece perigo a saúde do bebê? Bom, ele pode ser facilmente transmitido para o feto, o que pode gerar uma série de complicações na gestação. E se isso acontecer no primeiro trimestre de gravidez é ainda mais perigoso. O Citomegalovírus pode ocasionar parto prematuro, problemas na audição do bebê, deficiência visual, motora ou mental, anomalias no sistema nervoso e problemas neurológicos.

 

No caso de contágio, a gestante deve passar por um tratamento com antivirais e os exames de ultrassonografia, por exemplo, são feitos com mais frequência, já que o médico precisa acompanhar o crescimento do feto dentro da barriga para saber se tudo está correndo bem. Porém, ainda assim é muito difícil saber se o bebê foi infectado e se isso trará consequências para a sua saúde após o nascimento.

 

E não se esqueça, o pré-natal é importantíssimo para detectar vírus, doenças ou qualquer probleminha durante a gestação. Assim, é possível garantir uma gestação tranquila e a saúde do seu pequeno.

Artigo anteriorTrabalho de parto
Próximo artigoAssaduras em bebês
Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,955FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!