Anemia na infância

A anemia é uma das doenças que mais preocupam os pais, mas o que poucos sabem é como evitar que seu pequeno sofra com esse problema. Há uma série de fatores que influenciam o desenvolvimento dessa doença e o mais comum está ligado a má alimentação.

 

A deficiência de ferro está ligada a 90% dos casos de anemia em crianças e adolescentes. O baixo nível de hemoglobina no sangue é o que causa essa doença. A hemoglobina é uma importante proteína que é responsável pelo transporte de oxigênio aos tecidos do corpo.

 

A anemia tem relação principal com a má alimentação, e crianças mais gordinhas também podem ter esse problema. Todos estão no grupo de risco, pois a forma como seu filho se alimenta influencia no desenvolvimento da doença.  

 

Um bebê recém-nascido, por exemplo, tem todas as suas necessidades de ferro supridas pelo consumo do leite materno. Já crianças que costumam tomar leite de vaca correm um maior risco de ter anemia, pois esse leite apresenta uma quantidade de ferro muito menor e sua absorção também não é tão eficiente.

 

As necessidades do bebê mudam conforme o avanço de sua idade, certo? E com toda essa mudança seu corpo passa a precisar de maiores quantidades de ferro. E isso exige uma nova dieta. Após os dois anos de vida o risco de a criança desenvolver a doença é muito menor.

 

Porém, na adolescência essas pessoas voltam a integrar o grupo de risco novamente, já que é provável que sua dieta volte a sofrer alterações, dando espaço a alimentos menos saudáveis e pobres em ferro.  

 

A anemia causa sintomas, como palidez, fadiga, fraqueza, falta de apetite, desmaio, tontura, falta de ar, desatenção e apatia na escola. E também prejudica o desenvolvimento físico motor, psicológico, cognitivo e de linguagem da criança. Os alimentos ricos em ferro são carne de vaca, frango, peixe e o leite materno.

 

 E a melhor dica que podemos dar é para você prestar atenção e cuidar da dieta do seu filho, assim você não só garantirá a manutenção dos níveis de ferro do corpo dele, mas evitará uma série de outras doenças ligadas a má alimentação. 

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,952FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!