Moleira do bebê: quais são os cuidados necessários

Ao nascer, o bebê ainda precisa de tempo para desenvolver uma série de musculaturas e funções de seu organismo. E é nesse período que o cérebro ainda tem uns pequenos espaços entre os ossos que são conhecidas como Fontanelas, que estão ali para facilitar o parto e permitir que o cérebro do pequeno cresça até o seu primeiro ano de vida. 

A moleira, como é popularmente conhecida, costuma “fechar” por volta dos dois anos de vida. Nesse meio tempo é recomendado que você faça visitas constantes ao pediatra, para que ele avalie o pequeno. 

Os pais também precisam manter a atenção quanto ao comportamento do bebê e forma da cabecinha dele. Qualquer alteração que possa ser sentida, como forma abaulada, pulsação intensa ou afundamento podem indicar outros problemas, e é recomendado procurar um especialista. Todos esses sinais podem indicar desde uma desidratação a algum problema no desenvolvimento da criança. 

A cabeça do pequeno é sim uma parte muito sensível e delicada, porém, com alguns cuidados básicos você pode ficar muito mais tranquila. Não tem segredo, mamãe, você vai usar a sua superproteção e algumas visitas ao pediatra. 

 

Somos Mãeshttps://somosmaes.com.br/
A Somos Mães é uma ONG e uma empresa do setor 2,5 que nasceu em agosto de 2014. Com o objetivo de informar e acolher, produz conteúdo que impacta diariamente mais de 300 mil pessoas. Tem dois projetos incentivados pela Lei Rouanet.

Leia mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga nossas redes

220,950FãsCurtir
65,000SeguidoresSeguir
345InscritosInscrever
spot_img

Últimos posts

error: Content is protected !!