Mães & Filhos | NOTÍCIA

Criança deve tomar vitamina D?

A pediatra Ana Escobar comenta três motivos para suplementar a vitamina D dos pequenos

Publicado em 20/05/2020

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus

Criança deve tomar vitamina D?

A vitamina D exerce diversas funções importantes no organismo, entre elas a formação de ossos saudáveis e o fortalecimento do sistema imunológico – fatores fundamentais para o bom desenvolvimento infantil.

 

“Além disso, a vitamina D é a única vitamina com indicação formal de suplementação, segundo orientação da Sociedade Brasileira de Pediatria”, observa a pediatra Ana Escobar, Professora Livre Docente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

 

Ela aponta três razões para suplementar a vitamina D dos pequenos, são elas:

 

1. Baixa exposição solar. Sabemos que aproximadamente 90% das nossas taxas de vitamina D vem da exposição ao Sol. Para manter os níveis adequados, necessitaríamos de pelo menos 15 minutos ao sol, diariamente, de preferência entre 10 e 16 horas. No entanto, mesmo em nosso país tropical, esta exposição diária não é atingida por boa parte das crianças nos dias atuais, posto que as atividades infantis como aulas e brincadeiras são, majoritariamente, realizadas dentro de ambientes fechados.

 

2. Baixo teor de Vitamina D no leite. Para se ter uma ideia, a necessidade diária recomendada de vitamina D é de 400 UI por dia para crianças com menos de 1 ano de idade e 600 UI para crianças acima de 1 ano. O leite materno fornece 30 – 40 UI por litro e o leite de vaca fornece 40 UI por litro.

 

3. Baixo teor de vitamina D na alimentação. Os alimentos que contém vitamina D em maior concentração são peixes como atum, sardinha e salmão selvagem, não criado em cativeiro. Só que, para atingir as necessidades diárias, as crianças teriam que ingerir mais ou menos 100 gramas de pelo menos um deles por dia; quantidade esta incompatível com nossos hábitos alimentares e muito menos com a aceitação diária dos pequenos.

 

A Dra. Ana Escobar recomenda que a suplementação desta vitamina para crianças seja realizada por orientação médica.

 

Conheça nossa agenda de cursos, lives e rodas de conversa.

 

Siga nossas redes sociais:

 

@somosmaesevoce

@somosmaesnasempresas

@cursoparagestantessomosmaes

LinkedIn

 

 
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus