Grávidas | NOTÍCIA

Cesárea intraparto com e sem indicação

O que é e quando acontece

Publicado em 03/12/2018

compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus

Cesárea intraparto com e sem indicação
Falou-se muito sobre cesárea intraparto desde que a filha de Sabrina Sato nasceu. Por isso, para esclarecer o que é e quando acontece, descrevemos abaixo o que desencadeia a cesárea intraparto.
 

Cesárea intraparto com indicação


A cesárea intraparto com indicação acontece quando o trabalho de parto começou espontaneamente, com contrações e dilatação, porém o parto normal, por algum motivo, deixa de ser indicado. 

Alguns dos motivos que interrompem o processo natural do trabalho de parto são: parada da progressão do parto por parada da dilatação ou da descida do bebê, desproporção entre bebê e pelve materna, bebê atravessado (córmico), mesmo após tentativa de correção.

O Brasil está entre os líderes de cesárea no mundo (a cada 10 partos realizados nos hospitais particulares, 8,5 são cesáreas). Por esse motivo é muito difícil ter absoluta certeza de que a cesárea intraparto foi mesma necessária. 

 
Uma mãe jamais discutirá com um médico caso ele argumente que a vida do bebê, e a dela, estão em risco. Por isso é fundamental que a gestante confie plenamente em seu obstetra e esteja apoiada em suas escolhas por seu acompanhante.
 
Cesárea intraparto sem indicação

Algumas gestantes desejam a cesárea, mas preferem esperar o trabalho de parto para garantir o momento de nascer escolhido pelo bebê.

Dessa forma, a cesárea intraparto acontece sem nenhuma indicação.

Infelizmente, o sistema de saúde pública do Brasil ainda é precário e, por mais que o parto normal seja recomendado, a violência obstétrica ainda assombra muitas gestantes.
 
Nas maternidades particulares, a cesárea é quase regra por motivos econômicos.
 
O importante é saber que nenhuma escolha sem informação responsável é, de fato, uma escolha. Conhecer as consequências de uma cirurgia, tanto para a mãe, quanto especialmente para o bebê, certamente faria com que as gestantes optassem pelo parto normal com maior frequência.   
 
Seja qual for a sua situação, optar pela cirurgia sem indicação, somente pela praticidade ou para evitar a dor, é deixar de se entregar para o momento mais sublime da sua vida.
 
Participe dos nossos cursos para gestantes, saiba mais clicando aqui.
 
Consulte nossa agenda.
 
compartilhamento:
  • Compartilhar no Facebook
  • Twittar
  • Compartilhar no Google Plus